Para quem quer ou já usa lentes de contato, saber se pode entrar na piscina com as lentes de contato é uma dúvida constante. Por isso, hoje vamos falar mais sobre o uso das lentes de contato com a água da piscina.

De acordo com as recomendações da Associação Americana de Optometria (AOA), não é indicado o uso de lentes de contato ao entrar na água. E quando mencionamos água, ela pode ser tanto lagos, piscinas, mar, banhos quentes ou até mesmo o chuveiro.

Qual a razão de não usar lentes de contato na piscina?

Quando estamos usando as lentes de contato e entramos em contato com a água, temos que ter em mente que a água desse local pode conter muitas ameaças invisíveis para os nossos olhos, correndo o risco das suas lentes entrarem em contato com microorganismos e causar efeitos prejudiciais à saúde dos nossos olhos.

Um dos riscos é o contato com a Acanthamoeba. São organismos microscópicos que encontram-se facilmente na água de lagos ou até mesmo no solo. Eles também podem ser encontrados em piscinas, hidromassagens e na água que sai da torneira.

Riscos de infecção ocular

O risco de adquirir queratite pela bactéria Acanthamoeba pode produzir sintomas como: sensibilidade à luz, lacrimejamento além do normal, desfoque da visão, vermelhidão ou aquela sensação de que há algo dentro dos olhos.

Em muitos casos, as pessoas relatam sentir uma intensa dor de cabeça. Em caso de contato com esses organismos, indicamos primordialmente contatar o seu oftalmologista de confiança. Essa infecção nos olhos é grave e difícil de ser tratada, já que as lentes de contato estão em contato com os olhos o tempo todo.

Muitos não sabem, mas várias marcas de lentes de contato mencionam em sua bula o risco de contaminação das lentes com a água. É o caso das lentes de contato Acuvue, que alertam sobre o risco da água conter microorganismos que podem levar a infecções graves.

Caso suas lentes sejam submersas devido à prática de esportes aquáticos ou ao nadar em piscinas, banheiras, lagos e oceanos você deverá descartá-las e substituí-las de maneira imediata por novas lentes de contato.

Quando as lentes de contato recebam partículas de poeira, cisco ou até mesmo protetor solar, basta retirar as lentes do olhos e limpá-las com a solução multiuso própria para as lentes.

Para evitar um potencial risco de contaminação ou infecção dos olhos, sugerimos não entrar na piscina usando as lentes e não esquecer de levar sempre consigo o kit com a caixinha para guardá-las e armazená-las em um lugar limpo.

Agora que você já sabe quais são as contra-indicações com relação ao uso de lentes de contato na piscina, evite o seu uso nesse local para zelar pelos seus olhos, preservando os materiais das suas lentes e garantindo a saúde dos seus olhos.